Header Ads

SEJA BEM VINDOS AO NOSSO SITE! MARCOLÂNDIA EM ALERTA

Michel Temer vai a velório em estádio de Chapecó, mas não discursa

Temer não discursou durante o evento

O presidente Michel Temer contrariou a programação divulgada na véspera e participou neste sábado (3) de uma cerimônia no estádio da Chapecoense, a Arena Condá, em homenagem às vítimas do acidente aéreo com o time catarinense. Temer não discursou durante o evento.
 Depois de duas horas de homenagens e discursos (saiba como foi o evento), o apresentador declarou a cerimônia oficialmente encerrada. Em seguida, a torcida começou a gritar "Vamo, vamo, Chape", o canto que costuma embalar os jogos da Chapecoense. Nesse momento, Temer deixou o estádio (veja vídeo acima).
 Pela programação divulgada na sexta, o presidente chegaria cedo a Chapecó e, no aeroporto, faria uma homenagem às vítimas, mas não iria ao velório coletivo no estádio.
 "Não poderia dizer ontem que iria ao estádio porque a segurança colocaria pórticos e revistaria as pessoas que entram. Só comuniquei agora para facilitar a vida de todos", disse Temer.
 Na sexta, Temer foi criticado pelo pai de um jogador morto no acidente, que considerou "uma falta de respeito" ser chamado para ir ao aeroporto. O porta-voz do Planalto disse que houve um mal-entendido.
Chegada cedo
 O avião com Temer pousou no Aeroporto de Chapecó pouco depois das 8h45 deste sábado (3). Ao lado dos ministros Leonardo Picciani (Esportes) e Ronaldo Nogueira (Trabalho), do governador Raimundo Colombo e do secretário-geral da CBF, Walter Feldman, Temer recepcionou a chegada dos dois aviões da Força
 Aérea Brasileira com corpos de 50 das 71 das vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense.
 O primeiro avião da FAB, com 23 caixões, chegou aeroporto de Chapecó por volta 9h30. O segundo, com 27 caixões, pouco antes das 9h45.
Houve seguida uma cerimônia com honras militares com participação de Temer.

 Durante a cerimônia, o presidente iria entregar às famílias a Medalha da Ordem do Mérito Desportivo como reconhecimento do governo federal e do povo brasileiro pelos serviços prestados ao país por todos os que estavam no voo que caiu na Colômbia na madrugada de terça (29), mas este momento foi adiado.
 Depois da cerimônia, Temer deu uma curta entrevista. "Foi um trágico acontecimento que abalou o país, abalou o mundo. Quando vejo essa chuva que está caindo aqui acho que é São Pedro chorando pela mortes desses jogadores", declarou.  
G1
Postar um comentário

Postagem em destaque

Pitbull é morto a tiros após atacar criança na Zona Norte de Teresina

Um criança de oito anos ficou seriamente ferida após ser mordida por um cachorro na rua 9 da vila Padre Eduardo, zona Norte da capital. ...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.