Header Ads

SEJA BEM VINDOS AO NOSSO SITE! MARCOLÂNDIA EM ALERTA

Mãe fala pela 1ª vez e pede 'respeito' com Julia; caso sairá no Fantástico


O Fantástico vai contar na edição deste domingo (17/11) a história de jovens e adolescentes que tiveram suas vidas mudadas depois que vídeos e fotos de conteúdo íntimo foram parar na internet, denotando que compartilhar a intimidade está cada dia mais virando uma atitude de nossos jovens.E umas histórias será a da piauiense Julia Rebeca, de 17 anos, achada morta há uma semana dentro do quarto, enrolada no fio da chapinha. Ela anunciou a própria morte pelo Twitter depois de saber que um vídeo de sexo entre ela, um rapaz e uma outra jovem, havia se espalhado pelo WhatsApp.

E foi também neste domingo, que o site Acesse 24 horas, de Parnaíba, publicou aquela que seria a primeira entrevista com a mãe da adolescente, a professora Ivânia Saila dos Santos. Ela confirmou que deu declarações por telefone à repórter Neyara Pinheiro, da TV Clube, afiliada à Rede Globo, material que será exibido pelo Fantástico. Negou porém ter recebido qualquer equipe de jornalismo, mesmo tendo postado em seu Facebook que aguardava uma equipe da emissora.

A professora afirmou ainda que sobre o vídeo que teria sido o grande motivo para Júlia ter tirado a própria vida, ela soube apenas depois da morte da jovem. “Fomos pegos de surpresa. Não sabíamos do vídeo. Depois dele tivemos nossa dor invadida e humilhada”, disse em entrevista ao site.
Ela relatou sobre como foi a noite da morte de Rebeca, afirmando que até então não havia percebido nada de incomum com a filha. Segundo Ivânia, aquele dia tinha tudo mais ser mais um, porém, foi interrompido com a morte da adolescente. “Rebeca foi uma adolescente do seu tempo. Com sonhos demais, inteligência incomum e conflitos típicos dessa fase. Não notamos nada de incomum. Passou o domingo conosco e à noite viu a entrega de um prêmio na TV. Fomos à igreja e [ao voltarmos] a encontramos, já desfalecida”, descreveu.
Fantástico vai mostrar dramas como os de Julia, que acabou tirando a própria vidaFantástico vai mostrar dramas como os de Julia, que acabou tirando a própria vida
Ainda na entrevista a professora afirma confiar no trabalho da polícia, e diz que está buscando informações e municiando-se para entrar com as medidas cabíveis contra as pessoas e veículos que estão divulgando o vídeo de conteúdo íntimo onde a filha aparece. “A imagem em nenhum momento deveria estar sendo usada. Também estamos buscando direitos e punições para tal abuso e desrespeito. Há uma infinidade de blogs… Todos sabem o que estão fazendo. E nós estamos acompanhando”, concluiu.
Publicado Por: Apoliana Oliveira
Postar um comentário

Postagem em destaque

HOMEM MATA MULHER COM PEDRADA E GOLPE DE FOICE EM SÃO MIGUEL DO TAPUIO

Uma mulher identificada como Samara, natural de Aroazes, foi agredida a pedradas e golpe de foice na manhã deste domingo, 19, pelo próprio ...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.