Header Ads

SEJA BEM VINDOS AO NOSSO SITE! MARCOLÂNDIA EM ALERTA

Dois fugitivos da Custódia são presos no MA após assalto


A Polícia Militar do Maranhão prendeu quatro integrantes de uma quadrilha que realizou uma série de assaltos na região de Santa Inês. O último crime aconteceu no povoado Morada Nova, naquela cidade, oportunidade na qual a quadrilha assaltou uma casa e levou joias, celulares e dinheiro. Dois dos bandidos foram identificados como Leonardo Danilo dos Santos, vulgo Leo Grandão, e Paulo José de Carvalho Júnior, vulgo Júnior da Vera, foragidos da Casa de Custódia de Teresina. Os outros criminosos ainda não foram identificados.  
O bando estava com os produtos roubados, carteiras de identidade falsas, um revólver e dois veículos. 
Segundo a PM-MA, Léo Grandão e Júnior da Vera são foragidos da Casa e foram identificados por participar de diversos assaltos na região de Santa Inês, Buriti Bravo, Passagem Franca, Coelho Neto entre outras cidades maranhenses. Ambos já estavam sendo procurados pela Superintendência da Polícia Civil do Interior do Maranhão (SPCI), Delegacias Regionais de Timon, Santa Inês, São João dos Patos e Caxias, além da Polícia Militar maranhense e o serviço de captura da Casa de Custódia de Teresina.
Na cidade de Passagem Franca (MA), o indivíduo José Wellington Pereira da Silva, vulgo Nego Wellington, integrante da quadrilha, foi preso por policiais militares de Buriti Bravo (MA) no início do mês de outubro. Um trabalho de inteligência entre policiais civis de Timon e das cidades de Colinas, Buriti Bravo e Passagem Franca, conseguiram identificar Junior da Vera e Léo Grandão em outros assaltos na Região Maranhense. Em um dos crimes, Leonardo Danilo teria apontado a arma para cabeça de uma criança, mandando-a calar a boca, senão atiraria.
Bio
De acordo com a PM-MA Leonardo Danilo (Léo Grandão) possui extensa ficha criminal e responde a três processos em Timon, quatro em Teresina, além de outros em Passagem Franca e Santa Inês. Estava preso por crime de latrocínio
Paulo José (Junior da Vera) possui sete processos por roubo em Teresina, e em diversas Cidades maranhenses. Estava preso por latrocínio.


Da Redação
redacao@cidadeverde.com
Postar um comentário

Postagem em destaque

Mãe e padrasto são presos suspeitos de espancar criança de 2 anos até a morte, em Goiânia

Casal registrou ocorrência dizendo que criança morreu em decorrência de acidente de moto. Porém, investigação apontou lesões de agressões...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.