Header Ads

SEJA BEM VINDOS AO NOSSO SITE! MARCOLÂNDIA EM ALERTA

Greve fecha 90% das agências no Piauí e prejudica saques pelo Estado


O Sindicato dos Bancários do Piauí avalia que o movimento grevista no Estado, que nesta segunda-feira (30) completa 12 dias de paralisação, já alcançou 90% das agências e postos de atendimento. 


Na manhã de hoje, o movimento já paralisava cerca de 10 mil agências em todo o Brasil. Mas de acordo com o diretor de segurança e Saúde do sindicato piauiense, João Neto, não está descartado o desabastecimento de dinheiro em caixas eletrônicos.

“Posso dizer que essa é a tendência mesmo o reabastecimento sendo promovido por terceirizados. O governo do Estado está pagando. Se normalmente, falta dinheiro nos caixas quando não estamos em greve, imagina agora”, conta representante da categoria. 

Cidadeverde.com recebeu série de denúncias de que os pontos de auto-atendimento registravam longas filas e até falta de cédulas nesta segunda-feira. Relatos apontaram, ainda, que os saques estavam limitados a R$ 300 por operação.


“Mas por enquanto continuamos sem perspectivas de negociações com os banqueiros. Eles seguem assistindo tudo sem calados. Por enquanto ainda encontramos resistência em alguns bancos privados, mas outra tendência é pela paralisação total”, diz João Neto.

A prefeitura de Teresina e o Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS) também já iniciaram pagamentos.

Reivindicações
A categoria pede 9,3% de reajuste nos salários. Os patrões ofertam 6,1%. Mas os bancários pedem ainda mais cumprimento de medidas de segurança estipuladas por lei,combate ao assédio moral e programa de saúde do trabalhador. 

Negociações
A deputada estadual do Piauí, Flora Izabel (PT), apresentou requerimento nesta segunda-feira em que pede a Assembléia Legislativa (Alepi) que notifique a Federação Nacional dos Bancos (Fenabran) para que abra negociações com urgência com a categoria. 


Sobre saques limitados
Em contato com a assessoria de Comunicação e Marketing do Banco do Brasil no Piauí, o Cidadeverde.com confirmou que não há política de limitação de saques (nem frequência, nem volume) durante a greve.

A instituição informou que a quantidade de dinheiro disponibilizada nos caixas diminuiu devido programa de segurança da instituição adotada desde o mês de maio deste ano. A medida vale para caixas descentralizados e pelo interior do Estado.  

O Sindicato dos Bancários também confirmou que o abastecimento de dinheiro nos caixas eletrônicos ocorre com normalidade e que saques limitados são tendências adotadas pelos bancos como medida de segurança.


Fonte: Cidade Verde.com
Postar um comentário

Postagem em destaque

Mãe e padrasto são presos suspeitos de espancar criança de 2 anos até a morte, em Goiânia

Casal registrou ocorrência dizendo que criança morreu em decorrência de acidente de moto. Porém, investigação apontou lesões de agressões...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.