Header Ads

SEJA BEM VINDOS AO NOSSO SITE! MARCOLÂNDIA EM ALERTA

Bebê é roubado em shopping e é encontrado mais tarde em casa de tarô


O bebê que foi roubado da mãe na noite desta terça-feira (20) dentro de um shopping de Santa Bárbara d'Oeste (SP) foi encontrado na tarde desta quinta-feira (22), segundo informou a Polícia Civil à EPTV.

O menino Gabriel, de 23 dias, estava em uma casa de tarô no bairro Vila Maria, na área central da cidade. Sete pessoas estavam no local, inclusive a mulher que era a principal suspeita de ter roubado a criança que sofre de problemas cardíacos.

Na última terça, o recém-nascido foi roubado da mãe adolescente na praça de alimentação do Shopping Tivoli, em Santa Bárbara d'Oeste. A suspeita, que ficou "amiga" da vítima durante o período de gestação, fugiu com o garoto no colo após dopar a jovem. Câmeras de segurança do estabelecimento registraram a entrada e a saída da mulher. Outros vídeos de empresas do entorno do comércio mostram o momento em que ela joga a bolsa da criança na rua.

A polícia encontrou Gabriel depois de receber uma denúncia de taxistas que já tinha prestado serviços para a suspeita. Todas as pessoas encontradas na casa de tarô foram levadas para a delegacia de Santa Bárbara e três mulheres suspeitas de participação no crime estão detidas. O garoto também foi para o local. A família foi avisada e uma avó do bebê foi à delegacia para rever o neto. A polícia ainda não informou se há participação da proprietária da casa de tarô no crime.

Entenda o caso

Segundo familiares da adolescente, a mulher se tornou "amiga" da mãe durante a gestação e dizia que fazia parte de uma organização não governamental (ONG) de apoio a jovens grávidas. Na terça-feira, a suspeita disse à mãe do bebê que tinha conseguido uma consulta médica para a criança em Americana (SP), mas a avó, de 34 anos, desconfiou e foi junto.
Quando chegaram a Americana, porém, a suspeita disse que a consulta foi desmarcada, mas que pagaria um lanche para a adolescente. A avó, ainda segundo um familiar, disse que deu a ideia de que todos fossem ao shopping, em Santa Bárbara, onde trabalha. “Minha esposa tinha que trabalhar e sugeriu que elas fossem ao local, pois 'ficaria de olho’ nelas”, disse o marido da avó da adolescente ao G1 na quarta-feira (21).

Também de acordo com a família da adolescente, a mulher sempre usava uma peruca escura longa e lentes de contato verdes. Para a avó da garota, a suspeita afirmou que fazia tratamento contra um câncer e, por isso, usava o cabelo postiço.

Polícia divulgou vídeo

Na noite desta quarta, a Polícia Civil havia divulgado um vídeo em que a suspeita aparece carregando o menino para fora do shopping. A delegada Olívia dos Santos Fonseca, que cuidou do caso, havia dito que as investigações apontavam que o bebê podia ter sido roubado para vender a estrangeiros.

"As testemunhas disseram que a mulher falava ao telefone em uma língua estrangeira. Isso nos leva a crer que essa criança vai ser negociada", afirmou Olívia dos Santos na data em entrevista à EPTV.


  Blog do Rembrandt Carvalho Com G1
Postar um comentário

Postagem em destaque

Mãe e padrasto são presos suspeitos de espancar criança de 2 anos até a morte, em Goiânia

Casal registrou ocorrência dizendo que criança morreu em decorrência de acidente de moto. Porém, investigação apontou lesões de agressões...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.