Header Ads

SEJA BEM VINDOS AO NOSSO SITE! MARCOLÂNDIA EM ALERTA

De virada e com um jogador a menos, seleção brasileira alcança vitória heroica no México!

11 de Outubro de 2011

A Seleção Brasileira mostrou que a sua tradição ainda faz a diferença no cenário internacional. Diante do México, um rival invicto há 14 jogos, e com um a menos durante todo o segundo tempo pela expulsão de Daniel Alves, o panorama era desanimador até os 34 minutos do segundo tempo, mas a equipe do técnico Mano Menezes reverteu uma desvantagem e deixou a cidade de Torréon com uma vitória por 2 a 1. Destaque para o fim do jejum de Ronaldinho Gaúcho, que não marcava desde 2007 pela Seleção. Pouco depois, o lateral Marcelo decretou a virada com um golaço. O goleiro Jefferson, com grandes defesas, também brilhou em campo. A Seleção Brasileira volta a entrar em campo no mês que vem. No dia 10 de novembro, enfrenta o Gabão, às 15h30 (de Brasília), novamente fora de casa.

O Jogo - O amistoso em Torreón começou atrapalhado por um ritmo cadenciado, com as duas equipes exagerando no respeito ao adversário. Mas o Brasil resolveu dar emoção à partida e proporcionar um gol ao México. Aos dez minutos, Barrera fez um cruzamento despretensioso na direita, David Luiz deu um carrinho para afastar o perigo, mas tirou a bola da direção do goleiro Jefferson e marcou contra. Em desvantagem, o Brasil optou avançar as suas linhas e jogar com mais velocidade. Aos 16 minutos, Neymar perdeu um gol incrível. Ao receber passe de calcanhar de Hulk, o santista tinha liberdade na marca do pênalti e chutou por cima. Apesar do lance plástico, a equipe de Mano Menezes tinha dificuldades na penetração. Por isso, Hulk resolveu se movimentar e tentar chutes de fora da área, uma das suas especialidades. Em duas tentativas seguidas, ele não obteve sucesso. Pouco antes do intervalo, a situação brasileira ficou mais complicada, com a expulsão de Daniel Alves ao cometer pênalti em Hernández - o lateral deslocou o adversário quando a bola já estava longe do adversário. Para felicidade dos pentacampeões mundiais, Jefferson defendeu a cobrança de Guardado. Na volta para o segundo tempo, Mano Menezes preferiu recompor a defesa com a entrada de Adriano no lugar de Lucas. Na base da determinação, Neymar tentava jogadas individuais, mas parava na marcação e em algumas faltas. Quando forçava, o México era mais perigoso e ficava próximo do segundo gol. Aos 28 minutos, a estrela de Jefferson brilhou novamente ao defender uma cabeçada de Chicharito Hernández na pequena área. Mas a estrela de Ronaldinho Gaúcho brilhou aos 34 minutos. Em cobrança de falta, o camisa 10 quebrou o jejum de gols na Seleção. Com um chute forte, ele acertou o ângulo de Sánchez e evitou a derrota. O México sentiu o gol e deu a brecha perfeita para a virada. Aos 38 minutos, Marcelo invadiu a área e mandou uma bomba por cima de Sánchez: 2 a 1.

Fonte: Gazeta Esportiva/You Tube/
Postar um comentário

Postagem em destaque

Pitbull é morto a tiros após atacar criança na Zona Norte de Teresina

Um criança de oito anos ficou seriamente ferida após ser mordida por um cachorro na rua 9 da vila Padre Eduardo, zona Norte da capital. ...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.