Header Ads

SEJA BEM VINDOS AO NOSSO SITE! MARCOLÂNDIA EM ALERTA
0

Segundo técnicos da Eletrobrás, os dois levaram um choque de 18 mil wolts

Os auxiliares de pedreiro, Romildo Santos Rocha, 18 anos e Manoel Antônio de Moura Silva, 30 anos, puxavam um vergalhão de ferro que encostou em um fio de alta tensão, próximo ao segundo andar do prédio onde estavam na cidade de Picos, na última segunda-feira(01). Segundo técnicos da Eletrobrás, os dois levaram um choque de 18 mil wolts, caindo imóveis no mesmo local. O prédio em construção fica localizado em um bairro da cidade.
Os outros seis colegas de trabalho das vítimas correram e acionaram o SAMU que chegou rapidamente ao local. Romildo Santos, teve morte instantânea. Já Manoel Antônio de Moura, ainda sobreviveu ao choque, foi socorrido pelo SAMU, mas faleceu ao chegar ao Hospital Regional Justino Luz de Picos. Na ocasião, uma multidão se formou ao redor das vítimas.
FONTE: Riachão net

Piauí tem 10 empresas no cadastro de trabalho escravo.

0


O Ministério do Trabalho e Emprego divulgou nesta 6ª feira a lista das 251 empresas que mantém trabalhadores em situação análoga de trabalho escravo. 10 estão no Piaui, uma em Teresina. Trata-se da Construtora Almeida Souza Ltda, cujo CNPJ pé 05.325.963/0001-89.
As outras são: Fazenda California, zona rual de Antonio Almeida-Pi; Fazenda Boquerão da Tocaia, zona rural de Corrente; Fazenda Alegria, zona rurald e Antonio Almeida; Fazenda Lírio Parisoto, zona rural d e Uruçuí; Fazenda Nova Fé, Cajapió, zona rurald e Parnaguá; Fazenda Serra Negra, do Grupo Esperança Agropecuária e Indústria Ltda. no municipio de Aroazes; Fazenda Boi Gordo, do grupo Edson Rosa Oliveira no municipio de Morro Cabeça no Tempo; Fazenda Borba do grupo Aírton Rost de Borba emAlegrete do Piauí; Perímetro Irrigado do Gurguéia do grupo Antonio Odalto Smith Rodrtigues de Castro em Alvorada do Gurgueia.
Informa o Ministéiro do Trabalho que essas empresas estão proibidas de fazer qualquer tipo de contrato com o governo, com arede bancária e restringe seu relacioanamento e parcerias com outras entidades privadas. A decisão cabe recurso.

FONTE: Araripe em Foco
 Objetivo é melhorar as condições de trabalho dos cerca de 15 mil trabalhadores da atividade.
O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco realiza audiência pública com empresas e trabalhadores do polo gesseiro do sertão do estado. O evento acontece no dia 3 de agosto, às 14h30, no Centro Tecnológico do Araripe, em Araripina. Na ocasião, serão debatidas as condições de meio ambiente do trabalho nas empresas, com o objetivo de dar continuidade às ações na região. Em recentes fiscalizações, o MPT verificou uma série de irregularidades nas fábricas do setor, sobretudo com relação à saúde e segurança no trabalho.
O evento será conduzido pelas procuradoras do Trabalho Ana Carolina Ribemboim e Carolina Mesquita. De acordo com elas, a audiência pública será um momento de conscientização, em que todos os agentes da cadeia poderão contribuir com a melhoria do ambiente laboral, além de tirar dúvidas sobre a legislação.
Foram intimidadas 69 empresas, os sindicatos patronal e de trabalhadores, a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, a Justiça do Trabalho, os Ministério Público e Justiça Estadual. Ainda foram convocadas as prefeituras de Araripina, Trindade, Ipubi e entidades do Sistema S (Sebrae, Sesi e Senai).

FONTE: Araripe em Foco

Correia Lima se apresenta na Penitenciária de Parnaíba

0

O ex-coronel José Viriato Correia Lima se apresentou nesta terça-feira(02), às 9 horas, na Penitenciária Mista de Parnaíba. Ele estava acompanhado do advogado Wendel Oliveira e de uma namorada, não identificada. 

No momento da apresentação, o diretor da penitenciária, capitão Gerson Reis, não estava presente e o ex-militar o aguardou numa sala dos agentes penitenciários.  

Fotos: Carol Porto

Correia Lima chegou calmo, tranquilo, cumprimentando a todos, inclusive a imprensa e se deixou ser filmado e fotografado. 

A apresentação de Correia Lima foi aguardada durante todo o final de semana, após o Tribunal de Justiça revogar a decisão do juiz José de Ribamar, de conceder licença médica sem escolta policial para o detento. 


De acordo com o advogado, o ex-militar estava fazendo exames em Teresina e foi atendido por um médico em sigilo. Ele terminaria os exames nesta terça-feira, mas não foi possível por conta da apresentação. A informação de que os exames tivessem sido feitos no Ceará foi, segundo Oliveira, para despistar a imprensa que "fez um alarde muito grande". 

Por passar mais de três dias sem se apresentar, Correia Lima foi considerado foragido e procurado pela polícia.

FONTE: cidadeverde.com
Postar um comentário

Postagem em destaque

HOMEM MATA MULHER COM PEDRADA E GOLPE DE FOICE EM SÃO MIGUEL DO TAPUIO

Uma mulher identificada como Samara, natural de Aroazes, foi agredida a pedradas e golpe de foice na manhã deste domingo, 19, pelo próprio ...

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.